HOLTER

Holter é um exame realizado por meio de um dispositivo portátil que pesa cerca de 100 gramas. O paciente deve ficar com ele acoplado na cintura por um período de 24 horas executando todas suas atividades rotineiras: andar, trabalhar, comer. O holter registra os batimentos cardíacos do indivíduo e detecta se houve alguma alteração ao longo do período.

O objetivo é avaliar as variações do ritmo e da frequência cardíaca que ocorrem no período. É recomendado quando o paciente se queixa de tontura, palpitação e falta de ar. A partir desse procedimento, é possível identificar a presença de arritmias ou disritmias. Além disso, é extremamente útil para identificar isquemias silenciosas, que ocorrem com maior frequência em diabéticos.

Os eletrodos de contato são aderidos ao tórax do paciente e conectam-se ao gravador por meio de cabos. O monitor é afixado à cintura do paciente. A pessoa deve acionar o botão de eventos sempre que apresentar algum tipo de sintoma, como coração acelerado, tontura e cansaço. Também é solicitado que o paciente escreva uma espécie de diário com todas as atividades realizadas no dia da monitorização e seus respectivos horários.

Como o paciente irá ficar um dia interior com o dispositivo, a recomendação é tomar um banho pouco antes de coloca-lo. Evite também utilizar cremes e loções na região do tórax, para que seja possível afixar adequadamente os eletrodos.

Recomendações

Faça sua pergunta